terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Actividades da época

Os hamburguers estao sempre muito ocupados e atarefados nesta altura do ano. É um corre corre, um lufa lufa…
E se formos a ver bem, eles estao seriamente ocupados as seguintes actividades em proporcoes diferentes em funcao da faixa etária em que se encontram:

· Fazer bolachinhas de Natal
· Assistir a concertos natalícos (inlcui coro, Blaskapelle (orquestra de instrumentros de sopro), concertos de camara, concertos de igreja)
· Beber em ambiente congelador nos mercadinhos de Natal uma espécie de sangria quente (Punsch), mas com mais especiarias… (dá para ficar ébrio simplemente estando em pé e inalar os vapores junto das barracas. Nao há realmente a necessidade de pagar no caso de alguem ser mais agarrado ao dinheiro)
· Festas e janartes de natal
· Acender velas e velinhas
· Competir na iluminacao de janelas de de jardins
· E fazer mais bolachinhas de Natal

Mas previamente já realizaram as seguintes acrividades:
· Serrar as arvores de natal (há matas / viveiros onde: Serre voce mesmo!)
· Enfeitar arvores de natal
· Fazer 5 calendários de Natal para cada crianca e dois para cada adulto. (um calendario de Natal é uma coisa mais ou menos caseira e para cada dia existe uma micro prenda / chocolate / what so ever) – aqui na empresa é um monitor onde passa um provérbio diário de um maduro qualquer (hoje foi Abraham Lincoln)

Depois em Janeiro estao todos deprimidos mas por enquanto everybody is so high ….


segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A SIDA e as Bolas de Berlim

Perguntam os meus caros leitores o que é que uma coisa tem a ver com a outra...
Poizé bébé! também eu fiquei a olhar para as bolas sidosas, mas a verdade é que dia 1 de Dez é dia Mundial da SIDA e esta padaria vende bolas a um Aério e dá 10centimos para o combate à SIDA.

Como sabem prefiro as bolas de berlim do Natário em Viana, mas prometo comer uma bolinha alema assim que vier com a promocao do cancro da mama.


domingo, 4 de dezembro de 2011

Bolachinhas de Natal

Fazer bolachinhas de Natal é uma coisa tao intrínseca ao ser alemao.
É tradicional, é místico, é transcendental... uma comunhao....

pode chegar ao extase!
É uma grande honra ser presenteada com umas bolachinhas caseiras.
(o equivalente é um pai oferecer a virgindade da filha única ao mancebo... mais ou menos isso.
Foi assim neste estilo que recebi estas bolachinhas (por sinal nada más!)


sábado, 3 de dezembro de 2011

im Auge behalten

"etwas im Auge behalten" é guardar algo no olho!
O pretendido com esta expressao "nao devemos esquecer que ...."

A espressao é corrente, mas ontem ouvi uma egpícia dizer isto tantas vezes que me saltou à vista (ao olho).

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Tecnologias de ponta acopuladas à indústria da salsicha

Em todas as barraquinhas de salchicas existe um artefacto destes.
Demorei meses a tirar uma fotografia porque nao conseguia assumir o meu fascínio por esses objectos perante os vendedores e os clientes na barraca. Mas desta vez tirei a foto que nem um fotógrafo da World Press Photo Agency num momento em que arrisca a sua vida para a tirar.
Avante:
A saber (e a ver) nesta foto encontram-se uns utensílios pendurados que se assemelham a umas tetas de vaca.
Uma teta para maionese, uma teta para ketchup e uma terceira teta para a mostarda.
A maionese, o ketchup e a mostarda sao literalmente mugidos com um aperto de mao da „pseudo teta“ para cima salsicha ou para as batatas fritas que sao seguradas com a segunda mao. Um movimento e está tudo feito! Nao é preciso chocalhar, nem pousar na mesa, segurar na bisnaga, nem abrir tampa com as duas maos. Nada disso! Um aperto de mao rápido basta!
É muito giro de se ver e revela-se bastante prático! Já vi também estas tetas de condimentos numa barraquinha portugesa por cá!
Fico encantada com o know-how e as tecnolologias de ponta desenvolvidas pelos hamburguers!




(mas há outros bloggers que ficam contentes com um simples autocolante)

terça-feira, 29 de novembro de 2011

ficar a ver navios

a expressao "ficar a ver navios" para uma situacao de frustracao vem do tempo das invacoes francesas.
Quando o General Junot chegou a Lisboa, já só pode avistar ao longe os navios que transportavam a corte portuguesa para o Brasil, impedindo o de exigir a abdicacao do reino de Portugal.

Mas dois biates destes e passo a ser o José Hermano Saravia da blogosfera!

(in Visao História - invasoes francesas, set 2011)

Wie die Faust auf´s Auge

Para uma coisa que encaixa que nem uma luva ou que é feita uma para outra, os hambuguers dizem que encaixa "como o punho no olho"...
A expressao é gira mas nao deixa de ser um pouco brutal.

Aquela de "um chinelo velho para um pé doente" nao se aplica por aqui.

O efeito saia vivido regionalmente

Em terras de hamburguers qualquer automóvel pára na passadeira.
Em Portugal é preciso ter uma saia mais ou menos curta para atingir o mesmo efeito automobilístico em 98% das passadeiras.
Se andares na Hamburguerlandia na zona pedonal com uma saia, és mais ou menos transparente. Os poucos olhares sao fugazes e nao assumidos.
Já em Portugal,os transeuntes tem plena consciencia de que estás a passar na rua e deitam um olhar de cima abaixo que ás vezes permite para tirar as medidas todinhas e mais algumas.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

conversas de engasgar ao pequeno almoco

 Estava a falar com a minha hamburguer doméstica que trago por casa e contava-lhe que conheci um hamburguer bastante interessante, mas que enfim nao dava ares de ser o mais asseado.
"esquece   lá isso! Se ele nao lava o cabelo nem queiras imaginar como é que ele é por baixo! Nem deve lavar o prepúcio e à conta disso o cancro do colo do útero está mais dessiminado nos países ocidentais. Nos países onde os homens sao circuncizados há menos transmissoes de bactérias resultantes de falta de higiene".

Até com as papas Cerelac me engasgei com a prontidao da resposta!

(Em relacao à hamburguer é caso para dizer que nao tem papas na língua.)

Natal em todos os poros

Os alemaes transpiram Natal por todos os poros!
festividades a torto e a direito, mercadinhos de Natal em todos os bairros da cidade e em todas as chafaricas!
O local de trabalho também está contaminado.
(eu sou incapaz de trabalhar ao lado de um parto de doces, sem dar antes cabo deles)
Mas aqui uma secretária de trabalho representativa da época.

desdentada

No caminho sinto uma aresta saliente num dente ... cai me um dente da frente de baixo... há uma aresta onde passo com a língua muitas vezes. Sinto o buraco e nao consigo deixar de explorar a zona nova com a língua. A boca está diferente.
Vou para o dentista sabendo que só tenho uma hora. e que depois tenho de apanhar o aviao...
No dentista demoram-se...entretanto cai me mais outro dente da boca, e cuspo mais um para cima da mesa. Cai e salta na mesa de vidro até parar. E cai mais um. Já nao tenho molares do lado direito.....Caíram todos.
A dentista e a sua assistente tentam-me vender cremes para a cara e rouges enquanto espero o tratamento. E cuspo mais um dente, e mais outro... sinto as arestas todas deles com a língua...os dentes caiem como dentes de leite... nao estao partidos, nem saiem com raíz. Trazem a aresta afiada da base... Cuspi uns 25 dentes pelo menos esta noite...Penso no que me deve ter feito mal, no que devo ter comido ao longo dos anos para que os dentes me caiam...
Penso que devia ter vindo a outro dentista. Talvez fosse mais barato apesar de ter de faltar ao trabalho...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

medo de avogados

"O medo dos custos com advogados tem cura!"
Promete esta publicidade...mas a mim nao me convence, apesar de esta publicidade ser um mimo!



quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Há 500 Maddies no Vietnam para além do „baby-farming“….

Kidnapping and trafficking in children for purposes of adoption

An issue of increasing concern is the problem of illegal adoptions. Viet Nam is a popular source country for adoptions, with a number of EU Member states and other industrialised countries having bilateral agreements with Viet Nam under which such adoptions take place. In recent years, however, both the USA and Sweden, amongst others, have cancelled their adoption treaties with Viet Nam in view of growing levels of corruption and exploitation involved. Typically, babies come from poor rural families who are forced to part with the child out of economic hardship. Middlemen and government-licensed brokerage agencies pay these families a few hundred US dollars, but make a huge profit from the fees adopting parents have to pay. There is also increasing evidence of organised “baby-farming”. There have been documented cases in which small children and infants were kidnapped and sold for adoption to persons in Europe, North America or China.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

pago um café

à primeira pessoa que descobrir o intuito desta publicidade!
:-)
estes cartazes estao no metro!

Sansculotte (ou sem cuecas)

Mais um nome africano fixe:
Jean Green Sansculotte – Joao Verde Sem Cuecas
(tive que alterar ligeiramente o nome do senhor senao este ilustre autor de inúmeras publicacoes googla o nome dele e vem parar ao meu blog onde gozo com o seu nome à forca toda, ainda para mais com probabilidades crescentes de me cruzar com o indivíudo – nunca se sabe o futuro)
A minha primeira impressao foi: Estamos perante um caso em que uma alcunha passou a ser apelido… E o departamento inteiro fartou-se de rir até chegar a meia leca francesa culta.
Foi aí que ela nos elucidou que „Sansculotte“ é um termo que vem da revolucao francesa e que se referiam aos revolucionários que eram habituais portadores de calcas/ cuecas! Eram uns sem cuecas por oposicao aos aristocratas (aristorratas como diria o patife) que as usavam ornamentadas e rendilhadas e volumosas.
Portanto, a saber: Os Sanculottes nao sao como os escoceses que nao usam nada por baixo, derivam sim da revolucao francesa e estao imbuídos os princípios de igualdade, fraternidade e liberdade!
E nada de gozar com os sem cuecas!

Dar o „Weihnachts Obolus“

„Dar o óbulo„ remete para a mitologia grega e para o enterro dos mortos. O óbulo (a moeda) colocava-se debaixo da língua dos falecidos. Servia para pagar ao homen do „ferry“ para atravessar o rio e levar o falecido para o Reino dos Mortos. (recentemente devem ter usado os dracmas…)
Pois é… mas em terra de hamburgues dá-se um Wehinachtsobulos - óbulo pelo Natal às senhoras das cantinas, aos senhores da recolha do lixo ect… E até eu dei hoje o óbulo às simpáticas senhoras da cantina sem meter nada debaixo da língua de ninguém!
Em princípio as senhoras ainda gozam de saúde para o ano no mundo dos vivos e regozijam-se com uma valente grojeta colectiva de Natal!

Exmo. Sr. Boa Sorte

Podem nao saber o nome do Presidente da Nigeria desde maio deste ano.
Mas eu estou cá para vos dizer:
O Sr. Presidente chama-se Mr. Goodluck Ebele Jonathan!
(mmm…. Qual será o petit nom pelo qual a mulher dele o chama?)

terça-feira, 22 de novembro de 2011

mais vale um pássaro na mao...

do que dois a voar!

Este provérbio em terras de hamburguer é:

Mais vale um pardal na mao do que um pombo no telhado. - Lieber den Spatz in der Hand, als die Taube auf dem Dach

boliiiinhos de banha - Schmalzkuchen


A minha colega moldava resolveu fazer-me o baptismo de Schmalzkuchen!
Eu já tinha visto estes bolinhos, mas eles chamam-se Schmalzkuchen e Schmalz é banha. Para mim comer bolinhos de banha nao me é muito apelativo.
Mas ela insistiu porque sao bolinhos sazonais e garantiu que eram muito bons e que de banha nada tinham.
E foi assim que abrimos a época de Schmalzkuchen.
Um "must" em todas as feirinhas e mercadinhos de Natal. E até consolam pelo facto de nao haver bolas de berlim de jeito por cá.



O canito...no horário de inverno

É tao giro...
às 16:00 está escuro, mas os donos dos canitos tem de os levar a dar o tradicional passeio da mija.
Para nao os perder de vista usam umas coleiras luminiosas. (vi os em os festiviais de música em Portugal (as coleiras)) .
Aqui está um canito com uma coleira que para além de luminosa também é florescente!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

atraso

Hoje uma colega da ginástica conta-me em tom confidencial:
(e eu claro: toca logo a partilhar aqui com todos os países de língua oficial portuguesa)
A senhora estava enternecida porque os colegas estavam preocupados com ela. Ela tinha chegado atrasada a segunda vez em 5 anos. Ela telefona quando surge um imprevisto, mas resolveu nao telefonar. Estava no elétrico e a desejar que o elétrico andasse um pouco mais rápido, mas isso nao aconteceu.
Ela chegou 2 minutos atrasada!!!!!! Mas os colegas ficaram preocupados e ela enterneceu-se!! :-)

(a minha reacao ... só consegui olhar e sorrir sem dizer nada.... fiquei a pensar nesses 2 minutos....e nao faco ideia que tipo de trabalho que ela tem... maquinista de TGV? locutora de notícias de rádio?)
Mesmo para padroes hamburguers tenho a impressao que isto e um exagero...

domingo, 20 de novembro de 2011

Hoje vou tomar banho

Os meus colegas merecem!

emigrantite aguda ou só avancada?

Quando desfazes as malas e constatas que lá dentro estavam:

4 pacotes de Cerelac
3 kg de bacalhau em postas e desfiado
1 CD da Amália Rodrigues
1 caixa de bolachas com um eletrico amarelo lisboeta
0,5 kg de grao de bico e
1 molhe de nabicas...

comeco a pensar se padeco de alguma maleita....

Acho que já estive mais longe de adquirir o CD do Marco Paulo e do Tony Carreira...

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Berlim pim pim 4

Berlim transborda de estilo por todo o lado! Resmas de estilo!
Retro está in!!
(e nao: in no recto)

Mas quando o hotel tem a seguinte coleccao de quadros comeco a duvidar onde está a fronteira entre estiloso-kitsch e a piroseira-salve-se-quem-puder.



Konrad Adenauer em Berlim

Só mais uma coisinha sobre Berlim.
Fiquei hospedada num hotel perto de Adenauerplatz - Praca de Adenauer.
Adenauer também tem uma estacao de Metro com o seu nome.
Konrad Adenauer foi o primeiro chancler alemao depois da guerra (1949 - 1963). Assumiu o cargo com 73 anos. Um homem que negociou com os aliados e que trouxe reconhecimento para a Alemanha após a guerra.
Foi previamente presidente da Camara de Colónia e durante o regime Nazi foi destituído dos seus cargos com períodos onde esteve preso.
Imaginei que praca tivesse no mínimo uma estátua do tamanho do Marques de Pombal ou do Sadam Hussein.
Mas nao. Em vez disso quase desprecebido está uma estátua dele à escala real como transeunte.
É simplesmente bonito a humildade com que o homenagearam e que supostamente o caracterizava também.

Mudanca da hora


Às 16:40 já está escuro….
Desde o inicio desta semana que tenho a impressao que passo os seroes todos com os meus colegas de trabalho….fogoooo….

domingo, 30 de outubro de 2011

é Outono tra-la-rá !




cono frio !?!?!?!

Ora aqui temos uma bebida com um design giro!
Faz lembrar a Fitz Cola!
Kalt é frio e Muschi é "gatito" / "tareco" como também cono (acho que tenho que usar o cono espanhol, porque o termo cona em portugues é um bocado forte demais).
Mas quando se observa os ingredientes da dita bebida é de arrepiar qualquer gato e aí a publicidade ainda faz mais sentido:
É vinho com coca-cola!!!!


Berlim pim pim berlim pim pim 3

Faz-me alguma confusao ver edifícios todos metralhados....
Uma cidade pacífica mas com tantas cicatrizes da guerra visíveis...
E já lá vao 65 anos....


Berlim pim pim berlim pim pim 2

Uma sala de espectáculos gira!

Berlim pim pim berlim pim pim 1


Potsdamer Platz
Os semáforos na parte de Berlim de leste sao diferentes.
Os bonequinhos sao acarinhados pelas bolas de berlim e vendem-se em malas e autocolantes para os turistas!!
:-)


sexta-feira, 28 de outubro de 2011

karaoke espanhol

A minha senhoria convidou-me para um karalhoque num supermercado relleno de espanhois.
How cool is that? Um karaoke espanhol num supermercado?

Ela diz que o ambiente é simpático e as pessoas estao sentadas em cima das arcas frigoríficas a beber descontraídamente.
Mas claro, cantar só depois da meia noite. O evento segue os horários espanhois. (devem contornar a lei do ruído estes mocos)
Se nao tivesse que acordar às 5 da manha ia direitinha para o karaoke... ainda nao vai ser desta...

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

indicadores a monotorizar

Sabes que está na altura de arrumar o quarto quando a estalagmite de roupa em cima da cadeira comeca a ter um altura considerável...

Indice de bavaridade

Se quiseres saber quao bávaro é um moco, perguntas-lhe pela quantidade de Lederhosen que detem!
Abaixo de 4 pares destas calcas nao é um verdadeiro bávaro.
 Neste caso vemos logo que nao é um bávaro porque é uma "munina" e apenas tem um par de calcoes!

anti suicídio

Imagina que te diriges com mais de 80 toneladas para cima de uma pessoa nao tens qualquer hipótese de te desviares.


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Business development

Business development can be a frustrating activity - a few highs, and lots more lows.

(estou de ombros descaídos)

Gehirnschmalz ou Gedankenschmalz

Um projecto que requeira esforco mental, ideias inovadoras ou bem conseguidas é um trabalho que tem de levar sebo do cérebro ou sebo mental…
A alusao é à cozinha e aos ingredientes para um prato / bolo….
Nao acho particularmente bonita a imagem mas os hamburguers usam muito o sebo cerebral nas suas expressoes…

Bolas de berlim em Berlim

Às bolas berlim chamam-lhe Berliner. Chamam-se assim na Alemanha toda menos em Berlim.
Em Berlim as mesmas sao Pfannkuchen. (Panquecas, ou literalmente bolos de frigideira)
As ditas tem sempre recheio de doce. (No carnaval também fazem umas com recheio de mostarda, para misturar no meio das outras)


Mas verdade seja dita. Estamos perante um caso onde a o imitacao superou largamente o original do mestre. 
Em Portugal as bolas de Berlim sao melhores.
E as melhores do mundo sao em Viana do Castelo.
E as melhores do universo sao no Natário 2! e nao no Natário 1, embora o café Natário 1 tenha mil vezes mais charme que o Natário2.
Quando fecho os olhos ainda sonho com estas bolas de Berlim do Natário, mas quando trinco uma bola local trinco na dura realidade e acordo.

A saber:
Natário 1 - o original – Rua Manuel Espregueira 37 (uma prependicular à Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, o café cheio de charme e onde as pessoas fazem filas à hora das bolas de berlim quentinhas)
Natário 2 – a imitacao mas gosto mais por a massa ser melhor cozida - Avenida dos Combatentes da Grande Guerra - a principal Av de Viana.
Ambos tem um pouco de canela que lhes dá um travo espectacular!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Quando leio estas frases

Quando leio estas frases

“The component of the project is the erection of a disposal for the treatment of environmental…”

num texto que é suposto ser sério pergunto-me tres coisas:

1) Terá sido um alemao a tentar escrever ingles?
2) Será que um English native speaker escreve assim?
3) Fiz alguma conotacao abusiva de uma palavra inocente?

Lindo lindo lindo :-)


E agora em banda desenhada a conversa de estacao de comboio!


Obrigada Pedro, who ever you are!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

masculino e feminino

Os artigos nao sao uma coisa linear em alemao.
Para eles o sol é feminino (die Sonne) e a lua é masculina (der Mond).
OK! I can get used to that.

Mas há uma palvara que nao consigo encaixar: Busen!
Busen sao mamas! Mas as mamas neste país sao masculinas! (ainda por cima sao singular! Referem-se sempre ao conjunto.)
É tao pouco intitivo como irracional dizer O vagina ou A pénis.
Busen nao é peito. Para peito existe outra palavra - Brust (à semelhanca do "breast" ingles)
Estou a pensar em fazer uma peticao para que a palavra Busen / mamas seja feminino e já agora plural!
Pode ser que passe na próxima revisao do acordo ortográfico alemao ...

domingo, 23 de outubro de 2011

sair da crise - a técnica suica

Para sair da crise em Portugal podia-se implementar um imposto para ditadores falecidos.
Cobrava-se 95% dos valores depositados na banca portuguesa.
Já dava para uma ajuda valente para cobrir o défice...

Os suicos tem uma vasta experiencia na aquisicao de capitais de judeus falecidos e podiam transmitir algum know-how aos portugueses neste campo.

MacBeth na Líbia

Se o Camoes ingles escrevesse em 2011 a peca chamar-se-ia KADAHFI e a frase mais conhecida nao seria 
"A horse, a horse, my kingdom for a horse!"
mas sim
"Um toyota, um toyota, o meu reino por um toyota!"

bankers and brokers

Ser banqueiro era até há poucos anos uma profissao com prestígio, seriedade e era muito ambicionada.
Pode-se usar uma gravata, risca lambida ao lado, pavonear-se com um fato e impressionar as barbies.
As mocas podem usar saia travada e marcar território no mundo de homens e no mundo dos mercados de capitais.
Mas hoje é um emprego que nao tem moral.
A prostituicao já parece um emprego decente e honrado comparado com "banker". Pelo menos nao afecta negativamente tanta gente.
Actualmente um analista financeiro que ande na rua corre o risco de ser insultado, culpabilizado da prática de capitalismo selvagem. Ao linchamento popular nao deve chegar, nao há evidencias suficientes e a culpa dilui-se. Mas a culpa é dos hedgefonds managers! Nao, é dos políticos! É dos gregos! É dos alemaes! Nao, é da guerra! É do holocausto! A culpa é do passado! É de Israel! É dos palestinianos! É dos americanos! É de... e por aí fora...
E assim a culpa deu a volta ao mundo e diluiu-se.

O problema é que os bons e os maus financeiros estao todos no mesmo saco. Nao é possivel distinguir uns dos outros. Também nao é conhecido quanto é que cada um contribuiu para a crise actual... mas por tabela levam todos! E consultor financeiro é a profissao mais repugnante actualmente existente...
(P.S.: Lá por ter escrito este post nao voto bloco de esquerda)

conversa de banco na estacao de comboio

Sento-me num lugar vago com uma réstia de sol. Ao meu lado um hamburguer sem abrigo com a sua mochila e o seu acessoire a condizer - o canito com rastas!

hamburguer: "queres uma cerveja?"
bem passada: "Nao obrigada"
       os dois a saborear o sol na cara e silencio...
hamburguer: "tens tabaco?"
bem passada: "Nao fumo"
       silencio...
hamburguer: "és russa?"
bem passada: "Nao, sou portuguesa!"
hamburguer: "queres casar comigo?"
bem passada: "Nao."
bem passada: "és russo?"
hamburguer: "Nao, sou alemao"
bem passada "Eu ia esgotar o platfond dos teus cartoes de crédito. Sabes como é que sao os gregos e os portugueses... "
       silencio
hamburguer: "bem... tenho de ir comprar mais uma cerveja antes de me encontrar com o meu amigo muculmano..."

Agora precisava de um ilustrador para fazer disto uma tira de banda de desenhada...

o receio dos alemaes

é a exportacao dos produtos chineses.
Um chines trabalha até cair para o lado.
Quando este cai há logo outro para o substituir.

Jamais a Europa vai conseguir fazer face aos chineses.
Um emprego com futuro?
Por os filhos a estudar mandarim!

mais um espanta leitores

Aqui vai uma piada seca e politicamente incorrecta, mas ouvi-a numa sala de espectáculos com 4000 espectadores.

Was machen zwei Neger auf einer Couch?
Ein Nickerchen! (trocadilho com Niggerchen)

O que fazem dois pretos num sofá?
Uma sestinha! (fonéticamente é igual a "pretinho")

Eu sei que o que passa pela cabeca de uma pessoa e o que se coloca num post deve passar por um filtro!
Neste caso deixei passar esta rés vés!

sábado, 22 de outubro de 2011

em flagrante

Já me apanhei várias vezes a cobicar e desejar com frevor os ridículos auscultadores-pom-pons.

(As orelhas (ou vulgo:burrunholos) ficam estaladicas e quebradicas com o frio)

Em Portugal nego tudo, claro!

Para a Cimeira UE

Ambiente empreendedor
Alavanca de crédito


sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Semmelknödel, caseiros claro

Qualquer alemao fica sentimental se lhes falam dos Knödel!
Uma espécie de almondegas de ... pao, batata, farinha...pode variar nas proporcoes dos ingredientes... É um acompanhamento e o prato traz sempre muito molho.
Já tenho comido disto. Comendo pela hora de almoco uma ´ssoa fica arrumada com duas bolas destas até ao final do dia!
Tem mais ou menos este aspecto:
E entao quando é caseiro .... Ui!
Fiquei sem palavras quando comi uns "caseiros". A sua confeccao é facil.
Saca-se do pacote, incham nuns sacos de plástico dentro de água, cozem-se e depois é só descascar o plastico e já está!

boa má disposicao!

Descobri que há vários hamburguers com quem convivo que até andam mais ou menos bem dispostos!
É um estilo!
Respondem sempre negativamente. Estao sempre de trombas. E variam entre uma atitude "o que é que queres, pá?" e uma atitude "enjoada"...
Quando sorriem parece que estao muito contrariados e que isso nao volta a acontecer!
A pose exige sempre um ar fatalista!

Mas esta gente na verdade está super bem disposta! Sao um espectáculo! E assim que perceberes que eles nao estao de mal contigo, dá muita vontade de gozar com eles e provocá-los. Afinal percebes que até simpatizam contigo. (demorei nove meses até chegar a este ponto! - a quebra do gelo nórdico)

Em Lisboa só conheci um cabeleireiro frances assim. Trabalha no WIP - Work in Progress na Bica, e que de trombas atende os clientes. O interessante nele é que ele nao é nada subserviente, tem mesmo pouca paciencia para os clientes. Tenho sorrir quando me lembro dele.
Queixas-te ao cabeleireiro desta ou aquela parte do cabelo... o normal é dizerem-te que este ou aquele corte vai resolver certmente a questao.
Mas ele nao: "Ó menina! Eu nao faco milagres!" E poe os pontos logos nos iiiis!
Um profissional com um estilo muito particular, que sabe cortar cabelo como deve ser e que nao deixo de recomendar!  (como é que ele se chama nao sei, mas se entrarem no cabeleireiro ve-se logo - aquele com as trombas maiores, careca por sinal, encorpado, cinquentao...)

orgulho de uns, orgulho de outros

Este barquito RICKMER RICKMERS construido em 1896 que agora é orgulho dos hamburguers já foi o orgulho dos portugueses.

O barquito fazia parte de uma frota comercial. A caminho do Chile para Hamburgo em 1916, em plena guerra, nos Acores os portugueses resolveram confiscar o barco e colocar à disposicao dos ingleses. O navio mudou o nome para FLORES e passou a transportar material bélico. No final da Guerra o barco foi devolvido aos portugueses pelos ingleses e passou a ser o Navio escola SAGRES!

Em 1962 os tugas resolveram fazer um up-grade do navio escolar SAGRES (e assim baptizaram um outro navio com o nome de SAGRES II o ALBERT SCHAGETER). O SAGRES I passou a ter o nome de SANTO ANDRE, deixou de fazer viagens, passou a ser usado como armazem e foi detriorando-se lentamente. Em 1983 uma associacao de amigos de hamburguers comprou o SANTO ANDRE aos portugueses e prantou-lhe o nome original de RICKMER RICKMERS.

Agora faz parte das referencias da Cidade de Hamburgo e está atracado no rio junto no centro da cidade ...

Uma amiga minha é que reconheceu aqui o Navio escola SAGRES… a mim teria me passado ao lado…

Salsicha de caguil com batata fguita ….

Os hambuguegues e guestantes alemaes pelam-se por isto:



Simplesmente adogam!
A boiague por cima sempgue a maionese e o ketchup!
É o símbolo nacional e equivale ao pastel de nata pogtugues!
Cogue-lhes nas veias!
O piog é que depois de uma fase de avegsao a tamanha dose de gogduganga de oguigem duvidosa uma ´ssoa até comeca a gostague! É a mogte do agtista! O pguíncipio do fim…
Ficam desde já avisados deste peguigo iminente paga quando passaguem pogue estas bandas.
( a foto nao é minha é do Público)

"Auf Wanderschaft"

Aqui temos um fenónemo alemao…
Uma corrente romantica e medieval…
Estes meninos mascarados andam em „Wanderschaft“. Nao confundir com góticos! Nada disso!

Eles tiram um curso de 3 anos e andam um ou dois anos a caminhar pela Alemanha com estas vestimentas. Sao aprendizes de profissoes essencialmente manuais. Carpintaria ou limpa chaminés…
Chegam a uma cidade / localidade e trabalham para outro mestre que lhes tem de dar de dormir e de comer. (nao sei se recebem dinheiro…) Uma espécie de couch surfing…
A ideia é acumular experiencia diversificada e regional como aprendizes. É uma tradicao antiga, mesmo medieval e muito acarinhada pelos alemaes.
Supostamente só se deslocam a pé pela Alemanha mas estes fotografei-os na estacao de comboios…

P.S.: As calcas sao muito giras! Boca de sino com dois fechos eclair na braguilha! Uma "fofura" :-) E vende-se nas lojas de roupa profissional ou técnica no meio de batas para enfermeiros ou fardas para cozinheiros!

Piadas de salao

Duas piadas secas em alemao. Mas eu tenho que partilhar. É mais forte que eu!
Mas nunca se sabe quando é que é preciso ter uma andota de salao pelo que convém sempre ter uma ou duas à mao.

1) Wo wohnt ein Katze?
In einem Mietzhaus!
(Onde mora um gato? Numa casa arrendada (Mietshaus) trocadilho com Mietze – bichano, Mietzhaus – casa de bichanos)
:-)

2) Treffen sich 2 Jäger!
Sind beide tot!
(Encontram-se dois cacadores. Ambos morrem. O verbo encontrar e acertar é o mesmo)
:-)

Estes posts sao autenticos espanta-leitores. Só os mais fortes é q aturam estas piadas….

domingo, 16 de outubro de 2011

demasiado crocante

esta também é "fofinha":

Impropiro para consumo em Igrejas, Operas e Bibliotecas - demasiado crocante!

Castraíra o seu melhor amigo?


 Bem, esta publicidade nao é trivial.
Pergunta assim:

Castraría o seu melhor amigo?
Nós sim!

Associacao 4 patas!
Os caes de rua também precisam do seu apoio.
Mais humanidade para os animais.

Bem… nao sei se resulta da melhor maneira, mas dá que pensar….

sábado, 15 de outubro de 2011

mais uma expressao

por demais deliciosa. Tenho de partilhar!

"When the shit hits the fan!"

Quando a bosta vai parar à ventoinha.

Canito

Bastantes lojas tem uma atencao especial para canitos.
Pagas uma bebida a um canito conquistas o coracao do dono! (o mesmo esquema da McDonalds - corromper as criancas para chegar aos pais)


ingredientes para ser génio

Educacao (e curiosidade inteligente, entenda-se)
Creatvidade
Inspiracao (em algo já existente)
Intuicao (confianca no irracional)
Independencia
Persistencia
Sorte (o contexto tem de permitir uma mudanca de perspectiva)

Esqueci-me de algum ingrediente?

traducoes

Karaffe nao é garrafa, karaffe é jarro... aqueles jarros de mesa italianos que me fazem sempre lembrar unrinois para acamados...

Vulgär - nao é vulgar. É ordinário mesmo! (em portugues da para usar das duas maneiras. comum ou ordinário)

Adivinha 2

Adivinhem o que é este edifício no centro da cidade?

adornos e decoracao automovel

Estes cartazes mimosinhos prentendem que os automobilistas deixem o seu automóvel e passem a usar os transportes públicos.
O slogan é: Mude (de modo de transporte) sem a dor da separacao! (das bugigangas que se tem no carro)
Numa foto vemos o universal canito que abana a cabeca na traseira de uma bicicleta pública da cidade e na outra foto a capa de assento de bolinhas madeira a forrar o banco de autocarro!


Advinha 1

Advinhem o que é esta viatura?

as letrinhas pequeninas no Jackpot

Na rádio passa um anuncio alegre em voz feminina para jogares no Jackpot (nao sei se é o mesmo q Euromilhoes).
No final ... à semelhanca do tabaco e o ser prejudicial para a saúde, uma voz seca masculina acrescenta:

Probabilidades de ganhar: 1 para 140 milhoes!
Só sao permitidos jogadores acima de 18 anos e
o jogo pode ser viciante!

Dá logo uma vontade de ir jogar e comecar a fazer os planos para gastar o Jackpot!

A CAIS cá do sítio

A CAIS cá do sítio é a Hinz & Kunzt.
O valor de venda da revista é dividida com os sem abrigo que a vendem.
O projecto pretende por a falar os sem abrigo com a sociedade.
A editora da revista é gerida pela pastora regional (sim, pastora!) de Hamburgo.
(em termos de progressao na carreira equivale a bispo diocesano na igreja luterana).
Outra coisa que achei interessante sao umas visitas guiadas que fazem: Hamburgo do ponto de vista dos sem abrigo.
Já está na minha to do list.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Sadeh21

Nao posso deixar de fazer uma rubrica para perolas da danca!
Se por acaso a companhia passar pelo CCB, a Culturgest, Rivoli, Teatro de Sao Joao, ou pela vossa cidade, ponderem!
Estes tipos sao israelistas!
Coreógrafo - Ohad Nahadin
Apesar deste trailer resumir mais ou menos o espectáculo, ao vivo enche o corpo e a alma!

Bharatanatyam

Experimentei 4 ginásios em Hamburgo perto de  mim.
Muita malta com sorriso pepsodente, os peitorais inflados, alaranjados de excesso de solário e uma postura à cowboy sem conseguir andar com pernas juntas ou os bracos junto ao corpo.

Tive receio de me expor demasiado a estes ambientes e ficar também alaranjada e inchada muscularmente.

Resolvi ter aulas de Bharatanatyam. Para quem nao souber o que é aqui está uma amostra.(nao liguem à introducao lamechas/fatela)
(Todavia ando com uma pinta na testa durante as aulas, julgo nao ser tao grave do que andar alaranjada e com de postura vaqueiro americano)

algumas teclas básicas

És imigrante. Sabes a língua mas as pequenas coisas tens de aprender.

Control Alt Delete passa a ser Steuerung Alt Entfernen !
abreviado fica

"Ctr+Alt+Del" e em lingua de hamburguer "Strg+Alt+Enft"

Um separador é um "Reiter" (um cavalgador ou cavaleiro). Pensas: mmmm... ok! :-)

Queres carregar o telemóvel:
O carregar por multibanco nao dá. (os multibancos alemaes estao ao nível da Africa Subsahariana - I am not kidding!)
Digitas no telemóvel o código do talao de carregamento que compraste no quiosque.
No final de marcar diz uma voz candida: "Após a introducao do código carregue a tecla "Raute"!"
Raute? Mas que raio é Raute?
Vou carregar o que agora?!?!?!
Só pode ser asterisco ou cardinal!

Com receio de caducar o código pressionas uma das duas teclas com uma probabilidade de 50% em acertar.
Já nem sei se acertei à primeira.
E assim descobres que # é Raute.
Ficas a matutar na palavra "Raute". Porque já a ouvi noutro contexto. Na geometria. Mas Raute é romboedro!
E continuas a matutar. O que é que romboedro tem a haver com cardinal?
mmm...
E até tem qualquer coisinha: os lados do polígono dentro do cardinal! ("oj gelados do polígono" como dizia o meu prof de geometria)

Obrigada nao! Baixa as... !

O meu colega vai de férias.
Passa-me a pasta. (30 mil coisas para fazer) e diz “obrigado!”
Respondo imediatamente mentalmente: “Obrigada nao! Baixa as calcinhas!” – isto é dificil de traduzir para alemao sem pensar numa tentativa de assédio... É preciso ter cuidado com as traducoes!
(em portugues também pode rocar o assédio, mas tudo depende do tom, e se nao pudermos gozar com qualquer coisa, vamos gozar com que?)
A versao em alemao que entao proferi foi: “Um obrigadinha nao chega, traz-me uma prenda do local de férias!”

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Os preliminares do cinema em terras germanicas

O que me tira do sério é uma overdose de 30 min de publicidade nos cinemas que se tem de gramar antes do filme comecar, sem contar com os previews de outros filmes!
Mas os hamburguers e restantes alemaes adoram porque … é um direito a que tem !!!
E por isso disfrutam o período longo de publicidade francamente mediocre.
Faz parte do ir ao cinema poder ver um naco valente de publicidade depois acender as luzes, vender e comprar gelados e chocolates antes do filme comecar, para nao falar da cerveja ou bebida de que toda a gente tem de estar munida. De outro modo nao cumpre a checklist para disfrutar plenamente do evento „ir ao cinemo“. (se nao vais munido com bebida… ahh coitado … vai padecer de desidratacao extrema no espaco de 2 horas e meia).

Se entras mais tarde e tentas saltar a meia hora de publicidade nao apanhas um lugar de jeito.

E depois de tudo… é dobrado. Mas é uma questao de hábito…
ver o Colin Firth, Geoffrey Rush ou o Owen Wilson, a falar alemao custa um bocado….
 

A cereja em cima do bolo

Esta expressao nao existe em alemao.
Para eles é mais a „Schaumkrone“ – a croa de espuma!
(alusao à caneca de cerveja)

Podes dizer por exemplo: És a minha Schaumkrone!
(um árabe diz: és o meu Habibi!)

Toyota Yaris

ao pesquisar a publicidade da febreze em versao video, desencantei este que também nao é mau.

(a publicidade  que interessa é antecedida por 10 segundos de publicidade que nao interessa ao menino jesus. Aguentem os 10 ou 13 segundos!)

Ora vejam:
Toyota Yaris


cheirinho a....

Porque eu sou uma amante de boa publicidade segue aqui um spot muito giro!
Apesar de partes serem em alemao as imagens falam por si e sao mais que suficientes.


Eis a experiencia Febreze! (clicar no videozinho, claro)

Acho que este produto tb se vende em Portugal!

----
por outro lado dá um certo receio de ir ao tal restaurante dos cegos referido no post abaixo.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Iogrrutes de framboesa


Uma história que me foi contada... (infelizmente nao sei citar a fonte)

Há mais iogurtes de framboesa do que a producao anual de framboesas na Alemanha.

E de onde vem tanta framboesa para fazer os iogurtes?


Os pevidezinhas sao simuladas através de madeira de cedro que é aromática e tem um óleozinho de madeira. O trincar dessas raspinhas de madeira de cedro faz tal e qual o mesmo efeito.

O sabor a framboesa em si sao aromas fabricados artificialmente!


É caso para dizer iogrrutes de framboesa!


Um pouco indignada com tamanha trafulice nos iogurtes, contei esta história a um químico que por sua vez se mostrou impávido e sereno. Retorquiu-me com esta história em primeira mao:

Extraiem certos compostos aromáticos das vagens de baunilha que é necessário para nao sei que na industria química. A palha que sobra das vagens de baunilha é vendida à industria alimentar para integrar em gelados ou iogurtes e fazer as famosas pintinhas pretas no meio do créme amarelo. O aroma a baunilha é adicionado à parte tendo este sido obviamente produzido artificialmente, mas o gelado ou o iogrute nao deixa de ter nos seus ingredientes baunilha (a palha). O cúmulo seria a baunilha com o rótulo de biológico! - mas o que é bem possível!

revolucao das sanitas



Voces já sabem que eu sou sensível a este tema das sanitas.

O nosso amigo Bill e a sua esposa Melinda empenham-se bastante:


http://www.gatesfoundation.org/watersanitationhygiene/Pages/reinventing-the-toilet.aspx

Fit for school

Fit for school na Alemanha é uma instituicao que dá explicacoes.
Fit for school em Africa é um programa de desparasitatcao de criancas, lavagem de maos e de dentes.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Informacao estatística sobre o divórcio

Conversas de almoco entre hamburguers :
„A taxa de divórcio entre casais de homens é muito reduzida !
É de 10%!
Já o divorcio entre os casais de mulheres é de 50%!“
(Luísa! Tás a ver? As nossas hipóteses nunca seriam muito grandes!)

Jantar cego

Na mesma linha existe da exposicao existe um restaurante „unsichtbar“ (em alemao até faz o trocadilho de „nao visível“ com „bar invísivel“). Tudo às escuras.
Sao cegos que servem à mesa. Janta-se e os sentidos estao complemente concentrados nas texturas, no sabores, na audicao e na coordenacao motora de levar a comida à boca ou saber quanto é que ainda está no prato.
Ainda estou a recrutar alguém para ir jantar lá comigo. J Isto sim será um verdadeiro blind date!
Gostava de ver à luz do dia a chafurdice em que devem ficar as mesas….

Diálogo no escuro

É uma espécie de exposicao.
Quem nos guia pela exposiacao é um cego!
Um grupo de cerca de 8 pessoas.
Todas as salas estao completemante escuras e nao há nada para ver. Tudo preto!
O que é que está exposto?
Situacoes do dia à dia: Um jardim, plantas, o mercado de fruta, uma armazém de especiarias, uma travessia de barco onde tens de dar o teu bilhete, um bar onde pedes uns amendoins ou uma cerveja e tens que te desenrascar com as notas e com as moedas.
E é preciso atrevessar uma estrada na passadeira de preferencia.
Tudo sem ver um boi!
 
À entrada dao nos a bengalinha dos cegos. (manobrar apenas à largura dos ombros e nao aplicar medidas correctivas nos outros visitantes!) Quando estava parada até me apetecia bater com o pauzinho no chao, mas logo a seguir só me lembrava daquele estupor que anda no metro em Lisboa e que insulta todos os que nao dao uma esmola. E que se torna ainda mais agressivo quando encontra outros pedintes. (Mas a verdade é que este ignóbil tem um sentido de ritmo espectacular e faz parte das personagens de Lisboa, quer queiramos quer nao!)
 
Recomendo vivamente esta exposicao em Hamburgo.
Existe tb em Frankfurt, Milao e Vienna e mais longe claro que também.
Ficam sempre a curiosidade de saber como era visualmente o espaco que percorremos … E nao faco ideia se o bar onde estivemos era estiloso ou merdoso.
 
mas nao se esquecam de marcar primeiro ... sao 90 minutos... e nao é barato. Custa os olhos da cara e mais um!

Pedofilia mental

Pedofilia mental é quando temos uma relacao, ou derivado, com alguém com menos capacidades intelectuais e menos menos maturidade emocional para processar estímulos suscitados pela via física e ou psicológica.
O tipo(a) até pode ter mais vinte anos, mas nao deixa de ser pedofilia mental.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

dar a sua mostarda

Dar a sua mostarda (seinen Senf geben) quer dizer dar o seu comentário.
Juntar à salsicha a sua mostrada.
Mas nao é para usar à frente do chefe referindo-se a comentários dele!

Aplica-se mais a um "caga-tacos" que ainda tem de contribuir com uma uma treta qualquer, mas lá vamos ter que gramar com isto....

mas é como tudo, depende da entoacao e do modo como se diz. É que também pode ser aquele insulto carinhoso...

poluicao mental

poluicao mental é algo que nao serve para nada.
Apenas é nojento e nao te sai da cabeca por nada. Há anos!

A piada mais nojenta que conheco mete um hospício e uma balde de escarretas. Arrepio-me toda quando me lembro dela e já vai para mais de 15 anos! (uma menina muito candida por sinal que me contou e poluíu)
Mas nao vou contar para nao poluír as vossas mentes.
Cada um já terá o seu grau de contaminacao mental numa dose mais ou menos concentrada...

educacao de filhos

A educacao dos filhos comeca 30 anos antes de eles nascerem!
Uma grande verdade!

domingo, 9 de outubro de 2011

ter porco

A expressao alema "tiveste porco" (Schwein haben) quer dizer "tiveste sorte"...

É capaz de derivar do porquinho da sorte.

E a propósito de porco....
Eu nao sou nada adepta de futebol e muita coisa me passa ao lado, mas quando ouvi o meu colega em Portugal a falar de "schweinsteiger", que depois percebi que era um jogador... fogo...nem quis acreditar.
Schweinsteiger é muito mau mesmo.
É literalmente "montador de porcos"
É muito mau!
mas quem cresce com um nome assim deve estar habituado....

Portanto nao confundir o montador de porcos com o jogador de futebol!

Monogamia

No metro aparecem umas frasezitas do dia. Uma de hoje era assim:

"As mulheres apaixonam-se sempre pelo mesmo tipo de homem. Isto é uma forma de monogamia!"

A autora desta linda sabedoria é Lauren Bacwell que ainda é viva!



voltar a saborear a vida

aqui temos mais uma oportunidade de consolar e fisgar uma viúva ou viúvo rico.
É um encontro para os que estao em luto cozinharem juntos...e saborearem outra vez a vida...
Portanto quem nao pode comparecer ao café de luto pode afiambrar-se a uma viúva(o) dia 11 de Novembro, cozinhando juntos!
Eu gozo com isto, mas acho iniciativas espectaculares!
E penso se estas iniciativas também resultariam em Portugal.

a barata no canto da sala

A minha chefe um dia apareceu com uns sapatos de salto muito bicudos.
Disse-lhe que os sapatos eram bons para matar uma barata encurralada no canto da sala.
Nunca mais calcou esses sapatos...ups...

Receio ter contribuido para a cultura do apijamado já bastante presente....
mas com ou sem pijama (todavia vestidos) os colegas sao simpáticos!
3 deles até se descalcam e por este andar eu também qualquer dia (à conta de tanto convívio...)

criatividade

A criatividade dá um sentimento de liberdade.
Criatividade requer boa disposicao! ou será o contrário?

sábado, 8 de outubro de 2011

ai o sabonete!

Fico tao contente por encontrar em lojas hamburguers chiques produtos portugueses!

Aqui temos os fantásticos sabonetes Ach Brito!!! :-)
Já é a segunda loja onde os vejo!
(mais uma vez - o look retro está completamente na moda!)

(Em Portugal acho que só os saudosistas, senhoras com mais de 70, os vanguardistas retro chiques e emigrantes comovidos é compram isto... ou estarei enganada?) 
Mas a verdade é que estes produtos ajudam a uma identidade portuguesa!
Viva o sabonete Ach Brito! Viva !!

consolar viúvas ricas...num café de luto

Ora aqui está um anúncio na paragem do metro de um bairro extremamente rico da cidade para pessoas que estao em luto ...  para darem apoio umas às outras...
tenho a certeza que em  vez de ir às festas Ü se pode ir a estes lanches de viúvas e viúvos ricos, consolá-los e fisgar um!


(o ponto de encontro é no hospício - mas hospício em alemao é um instituicao onde de "depositam" os moribundos)

Vai uma fitz-cola?

É muito popular esta coca-cola local.
Ora vejam:
Será que vendem disto também no sul da Alemanha?!?!
Mas aqui faz parte do orgulho hamburguer!





mural...na Lange Reihe

apenas para visualizarem melhor o bairro gay.....
tem uma lateral de um prédio com esta pintura:

Bolo de noiva

Hoje passei pelo bairro gay outra vez.... E o café GNOSE tinha na montra um bolo de noiva com tres andares!

A foto está fraquita... o vidro espelha e é curvo... e só se ve um andar do bolo...

Mas tem dois noivos em cima!
É caso para dizer bolo de noivo ou bolo de noivos?